Campanha nacional em defesa dos dirigentes do SinTUFABC

Governo federal prepara a demissão de seis dirigentes sindicais da UFABC. 01Medida é ataque preventivo contra o movimento, para derrotar a mobilização preparada para 2014

A Plenária Nacional da FASUBRA, realizada nos dias 17 e 18 de dezembro, aprovou a realização de uma campanha nacional em defesa dos trabalhadores da Universidade Federal do ABC, que foram processados após desenvolver uma campanha contra o Assédio Moral.

A UFABC moveu um Processo Administrativo contra 23 trabalhadores que participaram das atividades políticas, greves e paralisações, principalmente da última campanha contra o Assédio Moral. Dentre esses 23 trabalhadores, 6 são dirigentes do sindicato recém-fundado, e que não é reconhecido pela Reitoria.

Essa medida já foi denunciada à OIT. O Ministério da Educação, por intermédio da FASUBRA, recebeu a denúncia dessa medida repressiva adotada pela Reitoria da UFABC a serviço das políticas de criminalização dos movimentos sociais do governo Dilma.

O processo administrativo foi concluído há duas semanas e a Comissão responsável pelos trabalhos, além de distribuir sanções e advertências aleatoriamente, ainda pediu a demissão dos seis coordenadores do sindicato.

Agora, o processo está nas mãos do Reitor Helio Waldman, que deve decidir se vai demitir os trabalhadores ou rejeitar a conclusão da Comissão responsável pelo processo administrativo.

a UFABC foi criada por Lula sem “personalidade jurídica”. Ela deveria se transformar na primeira instituição federal de ensino superior de “direito privado”, umas das muitas aberrações jurídicas que o governo Lula (e depois Dilma) criou para defender a iniciativa privada explorando os serviços públicos. Houve uma forte mobilização da comunidade na época e a iniciativa foi derrotada. Agora, o governo federal usa seu controle político sobre essa universidade para ameaçar de demissão a direção de um sindicato recém-fundado, com uma medida de repressão preventiva contra a greve que irá explodir nas universidades no ano que vem. Trata-se de uma mostra do que Dilma pretende fazer em 2014 através da Lei Geral da Copa e da Lei contra as “Organizações Criminosas”.

Todos nós precisamos nos solidarizar a esses companheiros e exigir o imediato arquivamento do Processo Administrativo.

Faça a sua parte!

Assine a Moção no link abaixo e divulgue para seus amigos!

MOÇÃO DE APOIO

Anúncios

Sobre taemovimentoifpr

Coletivo de técnicos do IFPR de diferentes câmpus em movimento por melhorias nas condições de trabalho e na educação de nosso país!
Esse post foi publicado em Denúncias, Greve, Notícias, Sindicalismo e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s